quinta-feira, 25 de março de 2010

Temáticas gástricas

A pior prisão é aquela em que nós próprios nos encerrámos. A pior prisão é a dos que estão enganados pela própria mente. A prisão do cheiro a merda quando só vemos rosas à nossa frente, ou do cheiro a lotus imaculado que nos sorri nos lábios e no nariz quando a merda grassa à volta. A pior prisão é a da ignorância, dizerem-nos que vivemos num mundo livre quando na verdade é um mundo dividido por estradas e bombas de gasolina e supermercados. "Olha, és livre: podes fazer o que tu quiseres nesta cela com este penico e este colchão." Esta democracia é feita de boletins de voto. É efémera como peidos.

2 comentários:

Jorge Animal disse...

Caroço, o revoltado.

Anónimo disse...

boa...caroço..kkkkk atempos nao tava uma gargalhada...no meu conceito o dinheiro compra muita coisa e uma delas é a liberdade...claro que existe varias formas de ser livre,mas em qualquer uma delas tu vai precisar de capital.é a lei dos homens nao ha o que discutir..cheiro.....